O seguro oferece proteção e dá mais segurança em qualquer situação. E no caso dos seguros empresariais, isso é ainda mais importante. Afinal, qual empresário quer ver sua empresa ser afetada por um evento fora de controle, que pode afetar todo seu investimento.

Além do mais, empresas representam não só um patrimônio, mas o ganha-pão do empresário e de seus funcionários. Por isso, é inegável a importância de ter um seguro empresarial.

Se você ainda não tem um seguro para sua empresa, saiba agora como fazer um seguro empresarial e quais são os principais fatores a considerar na hora de fechar uma apólice.

 

Contratando um seguro empresarial

O seguro empresarial é oferecido pelas seguradoras para empresa e estabelecimentos comerciais de qualquer tamanho ou tipo de atividade. Mesmo pequenas empresas podem e devem ter um seguro, pois os imprevistos não escolhem hora ou lugar para acontecer.

Este tipo de seguro é conhecido como seguro multirriscos, pois engloba várias coberturas para situações bastante distintas que devem ser contratadas conforme cada tipo de empresa e ramo de atividade.

Para saber como fazer um seguro empresarial, procure uma corretora de seguros, que  apresentará propostas de coberturas disponíveis e te ajudará a montar uma apólice, oferecendo orçamentos de algumas seguradoras.

Ao decidir contratar um seguro empresarial, deve-se ter em mente alguns fatores para ajudar na escolha e na análise do seguro mais apropriado para sua empresa.

 

Ao contratar um seguro, saiba quais coberturas são necessárias

Entendendo como contratar seguro empresarial, é importante saber quais serão as coberturas que a sua empresa precisa e quais podem ser deixadas de lado. Essa análise é fundamental para que seu seguro realmente lhe forneça garantias e proteção contra os eventos mais importantes e impactantes para sua empresa.

O custo do seguro pode variar muito em função das coberturas contratadas, por isso é importante saber muito bem quais serão as coberturas que a sua empresa precisa, para não pagar por uma proteção que não terá necessidade.

 

Conheça as coberturas contratadas

Informe-se sobre o que está sendo oferecido em cada cobertura que você está contratando e o que exatamente ela cobre. Entenda como as coberturas funcionam, quando elas podem ser acionadas e os tipos de sinistros que são cobertos.

Outro ponto importante é estipular bem os limites de garantia para cada cobertura, para que os valores sejam compatíveis com os bens cobertos. Dessa forma, você não terá surpresas em caso de sinistros.

 

Saiba quais são as coberturas obrigatórias para seu setor de atuação

Para alguns ramos de atividade, são exigidas apólices de seguro específicas, previstas por lei ou pelo acordo sindical dos funcionários.

Ao se informar como contratar seguro empresarial, informe-se também a respeito desta condição e se há em seu ramo de atividade esta obrigatoriedade. Assim, você pode incluir a cobertura no momento da contratação da apólice.

 

Entendendo o custo da apólice

O custo do seguro depende tanto das coberturas contratadas e os valores cobertos, como também da probabilidade de ocorrência de um sinistro e qual é o dano Máximo que este sinistro poderá causar.

A seguradora irá avaliar quais os riscos aos quais a sua empresa está sujeita, quais as formas de prevenção que você possui e o que este sinistro poderá causar dentro da sua empresa.

Tudo isso é avaliado no momento da contratação do seguro, de forma a compor um custo para sua apólice. Também influenciam no valor fatores como localização da empresa, depreciação dos bens segurados, condições do imóvel.

Peça para o corretor explicar todos os fatores envolvidos na composição dos custos da sua apólice, para que não fiquem dúvidas sobre este aspecto.

Os custos de uma apólice de seguros empresarial podem ser minimizados através de algumas medidas e podem reduzir a probabilidade ou o risco de um sinistro.

Proteção contra roubo ou vandalismo, como alarmes, câmeras de segurança e presença de segurança monitorada podem ajudar a reduzir os riscos de um roubo, por exemplo.

Outro exemplo, são as medidas de proteção contra incêndio, como a presença de portas corta-fogo, detectores de fumaça, extintores e hidratantes revisados e em funcionamento.

Estes itens são avaliados pelas companhias de seguros e podem ajudar a reduzir o custo da sua apólice.

Quer saber mais sobre como contratar um seguro empresarial? Entre em contato conosco. Estamos a sua disposição.

Fale com o nosso especialista em seguros para empresas através do formulário de contato abaixo!

8 + 1 =

× Cotar via WhatsApp